O amor é uma palavra luminosa, escrita por
uma alma iluminada numa página de luz.
                           ~ Gibran Kahlil Gibran ~

 

Amar é alguém acreditar
Em tudo que você faz.
É alguém que tenta gostar
Do que você também gosta.

É alguém para estar sempre
Em seu coração, em seus pensamentos.
É alguém que você pensava
Que nunca iria encontrar.

É alguém que a espera com ternura,
Mesmo que você não venha.
É alguém que você possa querer
Em todos os dias de sua vida.

O amor é sinceridade e verdade.
É compreensão.
O amor é a nossa missão.
Porque enquanto vivemos,

Aprendemos a arte de amar.

~ Arnaldo Poesia ~
12 de junho de 2003

Nunca deve o poeta
Tocar uma pena para escrever
Até que sua tinta seja temperada
Pelos suspiros do Amor.
            ~ William Shakespeare ~

~ Com amor e carinho ~


~ Viver e te amar ~

Quero sempre, sempre te ver,
Ou simplesmente
Sentir uma brisa no olhar.
Um olhar que penetra e chega
Onde eu te encontrar.
Ver-te é envolver-me.
É deixar-me conquistar.
É simplesmente viver e te amar.

~ Arnaldo Poesia ~

~ Amor, eterno amor ~

O que chamamos de amor? Para cada ser humano, o amor tem uma conotação ou uma interpretação diferente. O amor pode ser tão amplo quanto o seu conceito.

Fidelidade, atração física, filhos e tudo mais são apenas algumas referências do amor nos diferentes tipos de relacionamentos que o ser humano inicia diariamente. Alguns acreditam que o amor seja algo efêmero e controlável. Outros, mais românticos, o que é o meu caso, vivem em uma incansável busca de um amor puro e absoluto, em um mundo cada vez mais egoísta e cético.

Eu tenho uma visão romântica do amor e estou sempre disposto a ajudar aos que amam de verdade motivo pelo qual me vejo constantemente envolvido com seus problemas e dilemas pessoais.

Por isso eu vivo dizendo que...

Falar de amor é o que preciso
Para embelezar o sentimento.
Tão enlevado sinto o pensamento,
Que me faz ver na terra o Paraíso.

~ Arnaldo Poesia ~

A primavera é cópia desta forma,
A plenitude és tu, em que consiste
O ver que toda graça se transforma

No teu reflexo em tudo quanto existe:
Qualquer beleza externa te revela
Que a alma fiel em ti acha mais bela.

~ Tercetos finais do soneto 53,
de William Shakespeare.

~ Meu anjo lindo ~

Meu doce anjo lindo.
Que vieste do céu.
Estou feliz por te encontrar,
E eu te dou todo o meu amor.

Vieste do céu,
Porque tens olhos de anjo.
Quando olhas para mim,
Sinto o meu coração palpitar.

Tua voz doce, angelical,
É música suave em meus ouvidos.
Contigo ao meu lado,
Nada, nada temerei.

Sempre que estamos juntos,
Vejo um brilho celestial.
O teu rosto de anjo
Enaltece o meu astral...

Sim, no céu está faltando um anjo,
Porque estás aqui comigo.
Tu és o meu anjo querido,
Que sempre irás me guardar!

~ Arnaldo Poesia ~
10 de janeiro de 2010.

~ Para sempre eu vou te amar! ~

Pegue a minha mão e vamos caminhar
Para onde e sempre vou te encontrar,
Onde beijos são como gotas de chuva,
Águas cristalinas ao luar.

Vamos sentir a doçura perfumada
Das rosas em um lindo jardim.
Estaremos a um passo da alvorada,
Num oásis de cristais e marfim.

Minhas palavras soarão muito mais doces
Quando eu disser que sempre estive a fim,
Que desde o primeiro dia adorei te namorar
Para tê-la assim bem perto de mim.

Por essa sublime razão eu sempre vivi,
Incansável a te procurar...
O nosso lindo amor não terá fim.
Para sempre eu vou te amar!

~ Arnaldo Poesia ~
10 de janeiro de 2010.

~ O amor nos embeleza ~

Percebemos quanto um amor que estamos vivendo nos embeleza, a alegria que sentimos com isso nos torna ainda mais belos: parece que o nosso amor e nossa gratidão crescem com nossos encantos. A pessoa que inspira esse sentimento de gratidão também se deixa penetrar por ele; o maior reconhecimento que podemos ter para com alguém que nos encanta e nos agrada é nos encantarmos e gostarmos ainda mais. Como é que sabemos de tudo isso? Nós não sabemos, é o amor que age em nós sem que o saibamos; com isso só podemos ser mais felizes, pois é melhor provar a plenitude do sentimento do que saber raciocinar sobre ele.

~ Arnaldo Poesia ~

Hope, Friendship and Love

H is for that special thing called Hope.
O is for Our hearts beat as one.
P is for how Precious you are to me.
E is the company you are that I Enjoy.

F is for my most special Friend.
R is for Reassurance that you are a true friend.
I is for I love you.
E is for Euphoria that you bring to me with your smile.
N is for the sweet Nectar from your sweet love.
D is for Divine love between us two.
S is for Sincerity, that you are.
H is for Happiness you bring to those around you.
I is for the Inner peace you bring to many.
P is for Peace on Earth one day; a dream of mine.

A is for you being my personal Angel.
N is the Nobel person you are.
D is for the Desire to kiss your lips.

L is for the power of Love.
O is for Our hearts.
V is for Venus the Goddess of Love.
E is for my love for you for Eternity.

_____
Nota: Devido aos três títulos: "Hope, Friendship and Love", a composição desta poesia ficou melhor em inglês. Se traduzida para o português, não apresentaria a mesma estrutura, por exemplo, "hope", seria esperança.

~ Arnaldo Poesia ~
14 de julho de 1995.

~ Chris dos cabelos de ouro ~

Pensar em ti já me prende,
E quando te vejo só quero te beijar.
Teus cabelos de ouro reluzente
São raios de luz sempre a brilhar.
Foi esse o motivo tão somente
Que te encontrei para amar.
Eu canto de amor docemente,
Quando ouço de ti falar.
Te transformo em algo envolvente,
Por virtude do muito imaginar.

Chris, minha menina linda!

Ela é linda e tem um sorriso tão encantador que nos faz
acreditar que foi criada por uma fada.

Elle est jolie et a un sourire aussi charmeur qui dans
les fait croire qu'il a été créé par une fée.

It is pretty and has a so charming smile that she makes
in them to believe that was created by a fairy.

~ Arnaldo Poesia ~

~ Soneto 105 ~

Não chame o meu amor de Idolatria
Nem de Ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
"Beleza, Bem, Verdade", eis o que exprimo;
"Beleza, Bem, Verdade", todo o sentimento;
E em tal mudança está tudo o que estimo,
Em um, três temas, de amplo movimento.
"Beleza, Bem, Verdade" apenas, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.

~ William Shakespeare ~

  

© Arnaldo Poesia – Quinzaine Litteraire, Paris – Le Monde, Paris.

Compartilhe:

Publicar artigo no Facebook Facebook Publicar artigo no Twitter Twitter