Imagens de Anne Frank

Anne Frank - 1929/1945


Amsterdã, 1942: o começo do drama...

Margot, Otto, Anne e Edith Frank na praça Merwedeplein, 1941Anne Frank (Annelies Marie Frank) nasce em 12 de junho de 1929 em Frankfurt, Alemanha. Em 1933 chega ao poder nesse país o partido nacional-socialista e antissemita de Hitler. Edith e Otto Frank, os pais judeus de Anne, compreendem que seu próprio futuro e o de suas filhas está fora da Alemanha. Fogem para a Holanda nesse mesmo ano; Anne tem então quatro anos. Durante sete anos leva uma vida despreocupada e relativamente segura na Holanda. A Alemanha ocupa o país em 1940, pondo fim à segurança que oferecia. As medidas antissemitas vão limitando cada vez mais a vida de Anne Frank. Em 1942 começam as deportações para os supostos campos de trabalho. Os pais de Anne conseguem esconder-se na casa de trás do edifício onde funciona a empresa de Otto Frank. Ali permanecerão mais de dois anos. Em agosto de 1944, são presos e deportados para o campo de trânsito de Westerbork (Holanda)... Muitos historiadores acham que a rota de fuga da família Frank jamais deveria ter sido a Holanda, mas algum país da América.

O extermínio de uma família...

Do campo de trânsito de Westerbork (Holanda), os oito escondidos são transportados para Auschwitz no trem que realiza esse percurso. Após um mês de permanência em Auschwitz, Anne Frank e sua irmã Margot (foto) são enviadas em outubro de 1944 ao campo de Bergen-Belsen. Ali, milhares de pessoas morrem diariamente por causa da fome e das enfermidades. Margot e Anne contraem tifo e morrem com poucos dias de diferença, em março de 1945, algumas semanas antes da libertação.

Margot

Campo de Bergen-Belsen

O Diário de Anne Frank

O Diário de Anne FrankEnquanto está escondida, Anne Frank escreve um diário: durante dois longos anos, enche de anotações vários cadernos. Até o final desse período, Anne reescreve seus textos com a intenção de publicar um livro uma vez terminada a guerra. Em 1947, Otto Frank publica os diários de sua filha desaparecida. O Diário de Anne Frank se converterá em um dos livros mais lidos do mundo.

O refúgio: A Casa de Trás


Em primeiro plano, a famosa castanheira (à direita).

Grossas cortinas protegem de dia os que estão escondidos da curiosidade dos vizinhos. De noite, as janelas são cobertas com pedaços de papel preto antes de acender a luz. Também a porta de entrada do refúgio da casa de trás é camuflada. O senhor Voskuijl, pai de Bep, construiu uma estante giratória (foto ao lado) que disfarça o acesso a essa porta. No horário de trabalho, Anne e os demais ficam em silêncio, para que os empregados da firma não os descubram nem quem visita a loja.

A fachada da empresa de Otto Frank. Se pararmos em frente do prédio não podemos imaginar
que existe outra casa atrás da fachada. Lá, era o refúgio de Anne, sua família e amigos.

  • Anne Frank – Uma biografia
    O livro "Anne Frank – Uma biografia", de Melissa Müller, desvenda o mito de Anne Frank, autora do diário que se tornou um dos relatos mais impressionantes das atrocidades e horrores cometidos contra os judeus durante a Segunda Guerra Mundial... Leia um capítulo

  • Memórias de Anne Frank – As Lembranças de uma Amiga de Infância
    Lembranças de Hannah Goslar, a amiga de infância de Anne Frank, sobrevivente do Holocausto. A amizade que as unia quando eram vizinhas, os sonhos de adolescente e seu último encontro no campo de concentração de Bergen-Belsen é narrado pela escritora Alison Leslie Gold. Trecho do livro

  • Filme recomendado: O Diário de Anne Frank – Clássico imperdível, em DVD – Vencedor de três prêmios Oscar.
  • Leituras da Segunda Guerra Mundial

    Prédio na Merwedeplein onde viveu a família Frank de 1934 a 1942. Como sempre
    acontece nesses casos, cabe a nossa imaginação acrescentar o resto...

    Um lugar quase seguro...

    "Como refúgio, a casa de trás é ideal; ainda que seja úmida e está toda inclinada, estou segura de que em toda Amsterdã, e talvez em toda Holanda, não há outro refúgio tão confortável como o que temos instalado aqui." (Anne Frank, em seu Diário)

    Obs.: A estante, na verdade, era a passagem secreta para o refúgio.

    A Pergunta que não pode calar: Quem traiu as pessoas do anexo secreto?

    A pergunta de quem teria sido o traidor das pessoas do anexo ainda ocupa muitas mentes atualmente. Otto Frank e seus ajudantes também queriam saber logo depois da guerra. Para levar o caso a justiça. Logo depois da libertação da Holanda. Johannes Kleiman escreve uma carta para a polícia. Ele queria que investigassem quem traiu as pessoas no refúgio. Pessoalmente ele pensa que Willem van Maaren, um dos empregados do depósito, seria o traidor. Mas não havia provas. Uma segunda investigação em 1963 também foi inconclusiva.

    Alguns anos atrás dois livros foram publicados e chamavam novos suspeitos. Em seu livro sobre Anne Frank, Melissa Müller escreve que Lena Hartog-van Bladeren, a esposa de um dos empregados do deposito pode ter traído. E em seu livro sobre Otto Frank, Carol Ann Lee nomeia um novo suspeito Tonny Ahlers, um conhecido de Otto Frank. Em 2003 as duas teorias foram cuidadosamente investigadas pelo Instituto Holandês sobre documentos de guerra em Amsterdã, mas as provas nunca foram encontradas.


    Edith Frank com as filhas: Anne,
    à esquerda; Margot à direita

    Não deixe de ver:

    Anne, com amigas, na praça Merwedeplein
    Anne e suas amigas
    Imagens de Anne Frank
    Uma linda manhã de 1941
    Aniversário de Anne Frank
    Achado cartão de Anne Frank
    Anne Frank, escritora
    Amsterdã, 1942: o começo do drama...
    Anne Frank: sua vida em cartas

    Morre Miep Gies, que ajudou a esconder Anne Frank
    "O Diário de Anne Frank" ganha versão em quadrinhos

    A Casa de Anne Frank, o refúgio onde Anne escreveu seu famoso diário durante a II Guerra Mundial, está situado no centro de Amsterdã, na rua Prinsengracht 263. O diário original forma parte da exposição permanente do museu.

    Veja:

    Casa virtual de Anne Frank, inaugurada em 2010

    Compartilhe:

    Publicar artigo no Facebook Facebook Publicar artigo no Twitter Twitter Publicar artigo no Orkut Orkut



    © Starnews 2001. All rights reserved.